quarta-feira, setembro 23, 2015

Brasil tem déficit de US$ 2,48 bi em transações correntes em agosto

Veja online
Com informações Agência Reuters

Com o resultado, país acumula em 12 meses um rombo equivalente a 4,34% do Produto Interno Bruto (PIB)

(VEJA.com/Reuters) 
No ano até o mês passado, o rombo nas contas externas soma US$ 46,14 bilhõe

Após um déficit de 6,16 bilhões de dólares em julho, o rombo das transações correntes somou 2,48 bilhões de dólares em agosto. A projeção do Banco Central (BC) para a conta corrente do mês passado era de um saldo negativo de 4 bilhões de dólares. Vale lembrar que os números levam em conta a nova metodologia do BC para as estatísticas de Setor Externo. Com as mudanças adotadas pela instituição, a série histórica foi reduzida e há dados disponíveis somente a partir de janeiro de 2014. Anteriormente, as informações iam até 1947. O resultado ficou abaixo da mediana das estimativas de 22 participantes do levantamento realizado pela Agência Estado, negativa em 3,25 bilhões de dólares.

A balança comercial registrou um saldo positivo de 2,50 bilhões de dólares em agosto, enquanto a conta de serviços ficou negativa em 2,64 bilhões de dólares. A conta de renda primária também ficou deficitária em 2,57 bilhões de dólares. No caso da conta financeira, o resultado ficou no vermelho em 2,10 bilhões de dólares.

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, afirmou que as contas externas estão passando por período de ajuste em função do dólar mais alto frente o real e do baixo nível de atividade econômica do país. Segundo ele, as contas externas , apresentaram em agosto comportamento semelhante ao que tem sido visto desde o começo do ano, de redução de déficits. "Taxa de câmbio e ritmo de atividade econômica têm influência direta sobre esses resultados e em função desse ajuste, estamos revisando nossa projeção de déficit para o ano."

Os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram 5,24 bilhões de dóalres em agosto. Nos primeiros oito meses de 2015, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo soma 42,16 bilhões de dóalres. No acumulado dos últimos 12 meses até agosto deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em 73,63 bilhões de dólares, o que representa 3,78% do Produto Interno Bruto (PIB).

No ano até o mês passado, o rombo nas contas externas soma 46,14 bilhões de dólares. No acumulado dos últimos 12 meses até agosto deste ano, o saldo das transações correntes está negativo em 84,49 bilhões de dólares, o que representa 4,34% do PIB.

Projeção – 
Para setembro, a projeção do BC é de déficit em transações correntes de 3 bilhões de dólares. Para todo o ano de 2015, o BC espera projeta rombo de 65 bilhões de dólares, menor do que a estimativa anterior, de um déficit de 81 bilhões de dólares. Um dos itens mais importantes para chegar a esse montante é a previsão para o comportamento da balança comercial no período, que foi revisada de um saldo positivo de 3 bilhões para 12 bilhões de dólares.

Nenhum comentário: