quinta-feira, outubro 22, 2015

A cada 11 minutos, uma pessoa é estuprada no Brasil

Valéria Bretas
 EXAME.com 


São Paulo - Em 2014, 47,6 mil pessoas foram vítimas de estupro no Brasil. Ou seja, a cada 11 minutos, alguém foi violentado no país.

Os dados, que são do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, levam em conta apenas os casos que foram registrados em boletins de ocorrência.

Contudo, segundo a publicação, somente 10% das vítimas desse tipo de crime costumam prestar queixas à polícia, de acordo com estimativa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).  

Entre os estados, Roraima é quem lidera o ranking com a maior taxa de estupros do país – são 55,5 casos a cada grupo de 100 mil habitantes. Em seguida vêm o Mato Grosso do Sul, com 51,3, e o Amapá, com 45.

Em números absolutos, São Paulo responde pelo primeiro lugar. Foram mais de 10 mil relatos de sexo sem consentimento no período de um ano – mais de um quinto de todos os registros do Brasil. 
Apesar do recuo de 7% no número de boletins, 66% da população ainda tem medo de ser vítima de agressão sexual.

Em pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Instituto Datafolha constatou que em 84 municípios brasileiros com mais de 100 mil moradores, a preocupação é majoritária entre as mulheres (90%). 

Veja as principais diferenças por região.

Fórum de Segurança Pública/Datafolha


E por faixa etária:

Fórum de Segurança Pública/Datafolha


Navegando pelas imagens é possível verificar o ranking de violência sexual em 2014, tanto por taxa a cada grupo de 100 mil como em valores absolutos.

Também estão disponíveis os dados de tentativas de estupro contra os brasileiros.

Nenhum comentário: