quarta-feira, outubro 28, 2015

Como o Brasil mudou um ano após a vitória de Dilma nas urnas

Raphael Martins
EXAME.com 

REUTERS/Maja Suslin 
Presidente Dilma Rouseff na Suécia

São Paulo – Um ano após as eleições presidenciais, os indicadores do governo estão em um cenário bastante diferente ao da época do pleito. Afundado em uma crise econômica, que desencadeou uma crise política, os números do governo Dilma 2 vão além das expectativas de analistas em termos de recessão.

Depois de reajustes, espera-se um recuo de 3% no PIB do país e déficit de até 50 bilhões de reais nas contas públicas. O ajuste fiscal proposto pelo governo para frear a recessão se vê paulatinamente adiado, devido ao paredão de impedimentos que encontra no Congresso.

O resultado para o brasileiro foi uma piora significativa de todos os indicadores governamentais. Aprovação do governo caiu vertiginosamente enquanto dólar, índices de inflação, taxa de juros e desemprego subiram.

Veja nos gráficos abaixo a evolução dos números desde o dia em que Dilma Rousseff foi reeleita presidente do Brasil.




Nenhum comentário: