terça-feira, novembro 03, 2015

Governo teme saques e arrastões ainda este ano. É só o que falta para virar bagunça de vez.

Diário do Poder

Deterioração da economia tem levado pessoas de bem para o crime

FOTO: LÚCIO TÁVORA/ESTADÃO CONTEÚDO 
Deterioração da economia tem levado pessoas de bem a cometer saques. 

Órgãos de inteligência já advertem o governo para os efeitos sociais da “rápida deterioração” da economia, com o aumento do desemprego fazendo aumentar os riscos de desordem, “com saques a lojas e supermercados”, conforme informe ao qual esta coluna teve acesso. O índice de desemprego em setembro continua inédito, mas analistas de inteligência e informações estimam que já superou a barreira dos 10%.

Arapongas observam que o “arrastão”, crime típico de delinquentes juvenis, já tem sido praticado por adultos sem passagens na polícia.

Para os órgãos de inteligência, os arrastões de adultos sem histórico criminoso são coisa de pessoas desesperadas, e não de criminosos.

Com o agravamento da recessão, o mês de outubro poderá registrar um recorde no número de desempregados. 

Nenhum comentário: