quinta-feira, novembro 26, 2015

Quem É Quem Em Curitiba.

Carlos Brickmann
Chumbogordo.com

José Carlos Bumlai é um homem rico, mas não é por isso que ficou famoso. É um produtor agrícola de sucesso, mas não é por isso que ficou famoso. Foi preso pela Operação Passe Livre, parte da Lava Jato, mas não é por isso que ficou famoso – aliás, foi preso por ter ficado famoso, e o próprio nome Passe Livre se refere a ele. Bumlai ficou famoso, embora diga que se encontrou poucas vezes com o presidente Lula, embora o próprio Lula diga que não lembra de ligação especial com ele, por ter passe livre no Palácio do Planalto, com acesso direto ao presidente. A seguinte plaqueta estava afixada na portaria do Planalto, durante o mandato de Lula – por favor, que ninguém perca tempo a desmenti-la, pois foi amplamente fotografada em várias ocasiões: “O sr. José Carlos Bumlai deverá ter prioridade de atendimento na portaria Principal do Palácio do Planalto, devendo ser encaminhado ao local de destino, após prévio contato telefônico, em qualquer tempo e qualquer circunstância”. Bumlai, digamos, merecia o privilégio.

Na campanha que levou Lula à Presidência, Bumlai foi um dos ruralistas que o avalizaram, um dos primeiros empresários a declará-lo confiável. Lula descansou numa de suas fazendas, pescando, fazendo churrasco, sentindo-se em casa. Bumlai apresentou a auxiliares de Lula empresários que poderiam ajudá-los a cobrir despesas de campanha – e o que se investiga na Operação Passe Livre é o tipo de retorno que esses abnegados doadores obtiveram por sua generosidade.

Ou, falando claro, o que se investiga é Lula. Bumlai é o nome do acesso a ele.

A fonte do dinheiro 1
Ninguém precisa se preocupar com o caixa do grupo Friboi depois da compra da Alpargatas por R$ 2,7 bilhões. Segundo a coluna Radar, de Veja on-line (http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/), o grupo J&F, dono da Friboi, lucrou R$ 9,4 bilhões no terceiro trimestre, apostando (via derivativos de câmbio) na desvalorização do real. Ainda sobra dinheiro para novos empreendimentos.

O Friboi é um dos candidatos a um monumental contrato de iluminação pública por parceria público-privada na cidade de São Paulo, já barrado uma vez pelo Tribunal de Contas por irregularidades, depois liberado, e que pode voltar logo à tona.

A fonte do dinheiro 2
O grupo J&F tem também forte participação de organismos financeiros do Governo Federal. De seu capital, 23,9% são do BNDES Participações; e 10,37% da Caixa Econômica Federal. O dinheiro ajudou o J&F a crescer; mas, ao mesmo tempo, tanto BNDESpar quanto a Caixa estão tendo bom lucro no negócio.

A economista Elena Landau faz, porém, uma observação: os recursos do BNDES no grupo J&F praticamente equivalem ao preço esperado pelas 29 usinas hidrelétricas que o Governo tenta (até agora sem êxito) privatizar, para amenizar, com a venda, os buracos do Orçamento.

O Terceiro Mandamento
Diz o Terceiro Mandamento da Lei de Deus, de acordo com a Bíblia cristã: “Não tomar o Seu Santo Nome em vão”.

O deputado Eduardo Cunha (PMDB-Rio), evangélico militante, tem sob seu comando os seguintes domínios de Internet, todos utilizando o nome de Cristo: 

facebookjesus.com.br; facebookjesus.net.br; facejesus.com.br; facejesus.net.br; facejesubook.com.br; facejesusbook.net.br; gmailjesus.com.br; gmailjesus.net.br; googlejesus.com.br; googlejesus.net.br; jesusterra.com.br; jesustube.net.br; jesusuol.com.br;jesusuol.net.br; jesusweb.net.br; jesusyahoo.com.br;jesusyahoo.net.br; jesusyoutube.com.br; jesusyoutube.net.br; portalfacebookjesus.com.br; portalfacebookjesus.net.br; portalfacejesus.com.br; portalfacejesus.net.br; portalfacejesusbook.net.br; windowslivejesus.com.br; windowslivejesus.net.br; windowslivejesusmessenger.com.br; windowslivejesusmessenger.net.br; windowslivemessengerjesus.com.br; windowslivemessengerjesus.net.br; yahoojesus.com.br; yahoojesus.net.br; youtubejesus.com.br; youtubejesus.net.br

Diz o Terceiro Mandamento da Lei de Deus, versão original, traduzida do hebraico:“Não tomarás o nome do Senhor Teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o Seu nome em vão.”

Bolsa para os pobres
Para que serve a Bolsa Família? Se você, caro leitor, disser que é para ajudar famílias pobres e a estimular que as crianças estudem, com R$ 77 mensais para os mais pobres e R$ 35 por filho na escola até 15 anos de idade (e alguns outros benefícios, para gestantes e mães que amamentam, sempre com valores parecidos, minúsculos), como dizem as normas federais, deve estar errado. Pois a Caixa Econômica Federal lançou um aplicativo para Iphone, Android e Windows Phone para que os beneficiários possam acompanhar o depósito em sua conta.

Quem ganha Bolsa Família pode comprar um Iphone? Deve poder, oras!

Parece que foi outra
Frase da ministra Kátia Abreu, na época em que fazia oposição ao PT e era líder ruralista: “Se controlar o gasto e não roubar, dinheiro dá. CPMF não”. Outra frase: “Dilma sugere volta da CPMF depois de três anos de seu fim. Desde 2008 Governo aumentou gastos com funcionários em 40 bi”.
O que um cargo não faz!

Nenhum comentário: