quinta-feira, março 03, 2016

Fim para o crime organizado no poder.

COMENTANDO A NOTÍCIA

Como sempre afirmamos os governos petistas sempre foram o crime organizado no poder. O benefício da delação premiada, redução da pena para o delator, somente poderá ser usufruída caso a narrativa encontre provas substanciais  de que, o que se disse é verdade. 

Delcídio do Amaral sabe disto. Seu advogado de defesa também. Na reportagem da Revista ISTOÉ reproduzida no post abaixo,  observa-se uma riqueza de detalhes que até agora não se tinha, como também ela permite atar os nós que estavam até agora soltos. Exemplo disto  é narrativa que Delcídio faz sobre a compra da famigerada Refinaria Pasadena, pela Petrobrás. 

Mas há muito mais informações para serem confirmadas ou não.  Porém, o simples vazamento espantará todos os envolvidos. É uma bomba atômica de muitos megatons. Talvez, pela primeira vez, desde que a Operação lava Jato surgiu, tem-se a clareza dos envolvimentos de Lula e sua pupila, Dilma Rousseff. Confirmadas as implicações de ambos, não há como não se proceder na prisão de Lula e imediato afastamento de Dilma Rousseff da Presidência. Isto é o mínimo que se espera da Justiça brasileira e do Congresso Nacional. É fim de linha mesmo.

O Brasil, que encerrou em 2015, após 5 anos de governo Dilma, com uma recessão histórica, a maior dos últimos 25 anos, não pode mais continuar sangrando desta maneira. E a perspectiva para 2016 não é muito diferente. 

Paralela à crise econômica, semeada, adubada, plantada e colhida exclusivamente pelos governos petistas, corre solta uma crise política que se tornará ainda mais aguda, com as revelações feitas pelo ainda senador Delcídio do Amaral. 

O Brasil não pode ficar à mercê de um grupelho de bandidos infiltrado no Estado, corroendo-lhe as entranhas de suas riquezas,  seus valores democráticos, seu estado de direito e, principalmente, consumindo e exterminando com as esperanças de seu povo por uma organização criminosa assentada no poder. 

Por mais que Lula e Dilma esperneiem, o fato é que o caminho político de ambos acaba aqui. Doravante, suas tentativas espúrias de não responderem na Justiça por seus crimes apenas degradarão mais e mais suas imagens perante a opinião pública  brasileira, adiando o grand finale que ambos construíram para si mesmos. 

Nenhum comentário: