quinta-feira, março 03, 2016

Governo pretende demitir Diretor-Geral da PF

Diário do Poder

Dilma vai esperar 2 meses para evitar acusação de interferir na PF

FOTO: ELZA FIÚZA/ABR 
Dilma vai esperar 2 meses para evitar acusação de interferir na PF. 

Para blindar o ex-presidente Lula na Lava Jato, Dilma acertou a demissão do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, no cargo desde 2011. Para evitar desgaste e acusações de tentar interferir nas investigações, Dilma vai mantê-lo por mais dois meses. Depois, o novo ministro da Justiça, Wellington César, deve nomear o atual secretário da Segurança da Bahia, Maurício Teles Barbosa.

Maurício Teles também é vinculado ao ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, autor da indicação do novo ministro da Justiça.

Lula tem se queixado a aliados da “falta de controle”, mas ele ignora que a Polícia Federal segue ordens e cumpre mandados da Justiça.

D. Marisa morre de medo do “japonês da Federal” na sua porta. Por isso Lula tenta se livrar, no STF, da mão pesada do juiz Sergio Moro. 

Nenhum comentário: