quinta-feira, maio 26, 2016

Entenda como é a aposentadoria no Brasil e no mundo

O Estado de São Paulo


Brasil

O sistema previdenciário brasileiro atende a pedidos de aposentadorias por idade, por tempo de serviço e por uma modalidade que une os dois fatores: a regra 85/95, cujo texto passou por modificações no final do ano passado. As aliquotas de contribuição variam de acordo com a renda de cada trabalhador (consulte aqui). 

Chile

O sistema previdenciário ainda é, em sua maior parte, privado - no qual cada trabalhador financia sua aposentadoria com uma contribuição mínima de 10% para um fundo capitalizado. O modelo foi criado em 1980, no governo do ditador Augusto Pinochet. Em 2008, passou a existir a Pensão Solidária Básica, que repassa um valor mensal às pessoas com mais de 65 anos e que estejam entre os 60% mais pobres da população que nunca contribuíram para a previdência. Não existe idade mínima.

México

As alíquotas de contribuição variam entre 16,5% a 21% da remuneração do trabalhador e a idade mínima para a aposentadoria é de 65 anos. Para receber o benefício, o tempo mínimo de contribuição é de 1250 semanas (mais de 23 anos). O sistema é público, embora quem gerencie os recursos sejam as administradoras dos fundos de aposentadoria.


Estados Unidos

Para se aposentar nos EUA, o trabalhador precisa ter 65 anos completos. O benefício pago pelo governo depende do tempo e do valor da contribuição, que pode variar de acordo com a remuneração. O teto de aposentadoria nos EUA é de US$ 2.513 por mês. Há pesquisas que indicam um grande aumento da população idosa no país até 2036, o que tem feito o governo incentivar o investimento em planos de previdência privada.

África do Sul

Não há obrigatoriedade de contribuição, cada trabalhador o faz espontaneamente. Assim, muitos cidadãos são beneficiados sem nunca terem contribuído. Segundo o relatório da Associação Internacional da Seguridade Social (AISS), os pagamentos são de caráter assistencial para pessoas acima de 60 anos e voltados para quem tem renda abaixo de 47,4 mil rands (solteiros) e 94,8 mil rands (casados). Quem tem mais de 75 anos recebe mais.

Grécia

A aposentadoria foi uma discussão central na crise grega e uma das exigências aprovadas pelo Parlamento no pacote de reforma pedido pela União Europeia. Atualmente, a idade limite para a aposentadoria é de 67 anos e o benefício pago para quem trabalhou mais de 20 anos é de € 384.

Japão

A idade mínima para os homens é de 65 anos e está aumentando gradativamente para as mulheres. Em 2018, também será de 65 anos. Para a aposentadoria nacional, a população segurada é classificada em três grupos segundo seus métodos de contribuição com a previdência nacional e sua elegibilidade para receber os benefícios da segunda faixa previdenciária.

China

O sistema previdenciário é bastante complexo, pois há um pilar de seguro social básico e outro pilar de contas individuais mandatórias, além de um esquema de caráter não contributivo para a área rural. A idade mínima nos dois primeiros esquemas é de 60 anos para homens. Para mulheres, varia de acordo com a ocupação, podendo ser de 60, 55 ou 50 anos, com no mínimo 15 anos de cobertura.


França

Em 2010, a França iniciou uma reforma previdenciária que aumentou gradualmente a idade mínima para aposentadoria. Hoje, ela é de 60 anos para pessoas nascidas antes de 1º de julho de 1951 e aumenta em cinco meses por ano de nascimento, alcançando 62 anos, para pessoas nascidas a partir de 1955.

Nenhum comentário: