quinta-feira, junho 30, 2016

Advogado 'sócio' de Paulo Bernardo se entrega à PF em São Paulo

Redação
Diário do Poder

Ele receberia a parte de Paulo Bernardo no roubo a servidores



Guilherme Gonçalves.

Suspeito de ser sócio do ex-ministro Paulo Bernardo, preso na Operação Custo Brasil, o advogado Guilherme Gonçalves se entregou neste domingo à Polícia Federal em São Paulo. Ele é investigado por atuar como intermediário da propina milionária para ao ex-ministro dos governos Lula e Dilma.

Das onze pessoas cuja prisão preventiva foi decretada quinta-feira, somente Guilherme Gonçalves ainda não estava preso. Ele estava em Portugal.

Gonçalves foi quem recebeu os R$7 milhões repassados a Paulo Bernardo no esquema da Consist, empresa de tecnologia contratada pelo Ministério do Planejamento, na época chefiado pelo petista, para “fazer a gestão” dos empréstimos consignados. Nesta segunda-feira, às 14h, ele será ouvido pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Federal Criminal de São Paulo.

Os investigadores acham que o advogado foi quem criou um “Fundo Consist” que pagava contas do ex-ministro e da mulher dele, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Nenhum comentário: