sexta-feira, junho 17, 2016

Impostômetro atingiu marca de 900 bilhões de reais

Exame.com
Com informações Agência Brasil 

Carlos Severo/Fotos Públicas 
Impostômetro: o dispositivo já chegou
 a registrar a marca de um trilhão de reais

Entre 1º de janeiro e e 14 deste mes, os brasileiros já pagaram mais de R$ 900 bilhões em impostos. O valor foi calculado pelo Impostômetro, mecanismo criado pela Associação Comercial de São Paulo em 2005, e que mede o total de impostos, taxas e contribuições que a população brasileira pagou desde o início do ano.

A marca de R$ 900 bilhões foi atingida no início da manhã. Em 2015, esse montante foi alcançado no dia 13 de junho.

"A população brasileira já paga tributos demais e, neste período de forte recessão, isso pesa ainda mais. Apoiamos os ajustes propostos pelo governo, mas ponderamos que é impossível cogitar qualquer ideia de aumento de impostos agora: isso aprofundaria a crise", disse o presidente da associação e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti.

Com esse valor, informou a associação, seria possível construir, por exemplo, mais de 25,7 milhões de casas populares de 40 metros quadrados, mais de 9,7 milhões de quilômetros de redes de esgoto, mais de 3,1 milhões de postos de saúde equipados e fornecer cestas básicas para toda a população brasileira durante 15 meses.

******* COMENTANDO A NOTÍCIA:

Reparem: o país está em recessão há dois e há vários meses a arrecadação só faz cair. Mesmo assim, a arrecadação de impostos atingiu R$ 900 bilhões um dia antes da marca registrada em 2015. O doloroso é constatar que, apesar de tamanha carga, quase nada é retornado à população em forma de benefícios.

Nenhum comentário: