terça-feira, julho 12, 2016

Inflação cai para 0,35% em junho e acumula 8,84% em 12 meses

João Pedro Caleiro
EXAME.com 

Paulo Fridman/Bloomberg 
Mulher compra roupas em loja de São Paulo:
 inflação continua acima do teto da meta

São Paulo - Medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação no Brasil foi de 0,35% em junho, informou hoje o IBGE.

É menos da metade da taxa de maio (0,78%) e de junho do ano passado (0,79%). O IPCA não era tão baixo desde agosto de 2015, quando ficou em 0,22%.

O acumulado dos 12 meses ficou em 8,84%, contra 9,32% nos 12 meses imediatamente anteriores, mas segue acima da meta do governo (4,5% com tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo).

Dos 9 grupos pesquisados, 7 tiveram desaceleração em relação ao mês anterior; Comunicação subiu mais e Transportes teve uma queda menos intensa.

Alimentação e Bebidas, o grupo de maior peso no índice, foi de 0,78% em maio para 0,71% em junho e contribuiu com 0,18 ponto percentual do IPCA total.

Alguns itens tiveram alta forte, como o feijão-carioca (de 7,61% em maio para 41,78% em junho) e o leite longa vida (de 3,43% em maio para 10,16% em junho).

Outros caíram, como a cebola (que foi de alta de 10,09% em maio para queda de 17,78% em junho) e o tomate (de 1,04% para -8,08%).


Grupo
Variação
Maio
Variação
Junho
Índice Geral
0,78%
0,35%
Alimentação e Bebidas
0,78%
0,71%
Habitação
1,79%
0,63%
Artigos de Residência
0,63%
0,26%
Vestuário
0,91%
0,32%
Transportes
-0,58%
-0,53%
Saúde e cuidados pessoais
1,62%
0,83%
Despesas pessoais
1,35%
0,35%
Educação
0,16%
0,11%
Comunicação
0,01%
0,04%


Grupo
Impacto Maio (p.p.)
Impacto Junho (p.p.)
Índice Geral
0,78
0,35
Alimentação e Bebidas
0,20
0,18
Habitação
0,27
0,10
Artigos de Residência
0,03
0,01
Vestuário
0,05
0,02
Transportes
-0,10
-0,10
Saúde e cuidados pessoais
0,18
0,09
Despesas pessoais
0,14
0,04
Educação
0,01
0,01
Comunicação
0,00
0,00

Nenhum comentário: