segunda-feira, junho 05, 2017

Estado Islâmico assume autoria dos atentados em Londres

Da redação
Veja online 

Ataques na London Bridge e no Borough Market deixaram ao menos 7 mortos e 48 feridos

(Hannah McKay/Reuters)
Policiais vigiam a região da London Bridge,
após uma van atropelar pedestres em ponte de Londres

O grupo Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria dos atentados cometidos no centro de Londres e que deixou sete mortos e 48 feridos. Em nota, a agência de notícias ligada ao grupo, a Amaq, diz que o grupo está ligado aos ataques e assegurou os atos foram cometidos por “vingança”.

O comunicado foi divulgado pelo Telegram  e sua veracidade não pôde ser comprovada. Junto à nota da agência, foi publicada uma montagem fotográfica em que aparece a London Bridge e um homem com uma faca ensanguentada sobre a qual se pode ler em inglês, francês e árabe: “Vingança. Não há compromissos… na segurança dos muçulmanos”.

Em setembro de 2014, o então porta-voz do EI, Mohamed al Adnani, convocou seus seguidores a matar civis dos países que participam da coalizão internacional que combatem o grupo terrorista no Iraque e na Síria.

Não há, porém, nenhuma evidência que comprove a ação do grupo. O Estado Islâmico frequentemente faz alegações desse tipo, não apenas quando o grupo envia alguns de seus membros para executarem ataques, mas também quando extremistas com planos violentos se inspiram na ideologia do grupo.

Doze pessoas foram detidas na manhã deste domingo como parte da investigação do atentado de sábado à noite em Londres. Agentes da unidade antiterrorista da Polícia Metropolitana realizaram a detenção no bairro de Barking, zona leste de Londres, anunciou a polícia em um comunicado. As operações prosseguem na área.

Nenhum comentário: