terça-feira, junho 13, 2017

Moro condena Cabral a 14 anos e dois meses de prisão

 Cleide Carvalho 
O Globo

Ex-governador do Rio foi condenado por recebimento de propina em obras do Comperj



SÃO PAULO - O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral foi condenado a 14 anos e dois meses de prisão pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, por lavagem de dinheiro e corrupção. Cabral foi condenado por recebimento de propinas das obras do Comperj, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro.

Também foram condenados Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho, a 10 anos e oito meses de prisão, ex-secretário de governo. Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, apontado como emissário do ex-governador para retirada de dinheiro, casado com uma prima de Cabral, foi condeado a 12 anos de prisão.

Moro afirmou que os valores recebidos como propinas não foram ainda recuperados e que há indícios de que Cabral e Wilson Carlos esvaziaram suas contas antes da efetivação do bloqueio ordenado pela Justiça.

Nenhum comentário: